CarregandoCarregando

Iniciar
Créditos

Coleção Matemática

Supervisão de arte, editoração e produção digital: Adelaide Carolina Cerutti
Coordenação de produção digital: Daniel Cilli
Coordenação de design instrucional: Marcelo Batista da Fonseca

Design instrucional: Mateus Carneiro Ribeiro Alves
Web design: Thiago Hille e Tiago Lima
Assistência de design digital: Emília Akemi
Assistência de arte: Livia Danielli
Revisão: Equipe Revisão
Pesquisa iconográfica: ???? ????? ??????
Imagens: ?????
Áudio: Soundsnap
Narração: Flávio Kranic
Controle de processos editoriais: Equipe CPE
Fechar

Observando com atenção os ponteiros do relógio, podemos dizer que eles são representados por duas semirretas com um ponto de encontro (origem). A região do plano limitada por duas semirretas que têm a mesma origem recebe o nome de ângulo; a origem dessas semirretas é chamada de vértice do ângulo; e as semirretas propriamente ditas recebem o nome de lados do ângulo.

De acordo com o Sistema Internacional de Medidas, o grau (°) é a usual unidade de medida dos ângulos; seus múltiplos são os minutos (’) e os segundos (’’), sendo que 1° equivale à 60’ e 1’ equivale à 60”. O objeto capaz de medir o valor do grau é o transferidor, que pode ter uma volta inteira, de 360°, ou meia-volta, de 180°.

Os ângulos são classificados de acordo com a abertura que apresentam. Veja abaixo essas classificações.

  • NULO

  • AGUDO

  • RETO

  • OBTUSO

  • RASO

Nulo

Apresenta medida de 0°. As semirretas que constituem os lados do ângulo (A) coincidem.
A = 0°

FECHAR

Agudo

Apresenta medida menor que 90°.
0° ‹ A ‹ 90°

FECHAR

Reto

A medida desse ângulo é 90°.
A = 90°

FECHAR

Obtuso

Apresenta medida maior que 90°.
90° ‹ A ‹ 180°

FECHAR

Raso

A medida desse ângulo é 180°, e também pode ser chamado de meia-volta.
A = 180°

FECHAR